Engenharia da computação: posso criar meu próprio hardware?

Sempre fui fascinado por tecnologia e pensei talvez ser essa a área que eu procurava. Todavia, não possuo as condições mínimas de alguém que queira estudar na área, visto que desconheço tudo sobre… Tudo, hahahaha. Por isso, gostaria de esclarecer o seguinte: o que é trabalhar com hardware? Eu vou de fato poder construir um dia meu próprio processador ou, quem sabe, desenvolver algo próximo ao iPad por conta própria?

Como seria o dia a dia de uma pessoa formada em engenharia da computação? Gostaria de poder criar, produzir, fazer parte desse mundo novo e amplo, mas será que realmente consigo ingressar nesse universo? Não sei nada sobre HTML, CSS, Linux e etc, nada mesmo. Será que me fará falta se eu não me informar sobre essas coisas caso ingresse na faculdade? Engenharia da computação realmente é o caminho?

Saulo – Pergunta extraída do antigo Fórum InfoWester

Olha, desenvolver seu próprio processador ou mesmo um dispositivo como o iPad por conta própria é improvável, uma vez que os fabricantes contam com equipes imensas para isso: engenheiros, designers, projetistas de interface, entre outros. Mas, ao trabalhar com hardware, você pode, por exemplo, fazer parte da criação de computadores para determinados fins (para controlar uma máquina de um parque industrial, por exemplo), ser integrante de uma equipe de desenvolvimento ou adaptação de um telefone celular e assim por diante.

Sobre o que necessariamente aprender, depende. Você precisa ter foco naquilo que é inerente à área que escolheu. Por exemplo, é bom aprender HTML e CSS (não é difícil), mas isso só é mesmo requisito para quem trabalha com web design e afins, área que é muito diferente da engenharia da computação.

Vale frisar que, independente do curso que você escolher, não é a faculdade que irá te tornar um engenheiro ou um cientista da computação, por exemplo. O curso superior apenas te dará uma base, mostrará alguns caminhos. É a sua dedicação à área que irá transformá-lo, assim, quanto antes você estudar, melhor.

Engenharia da computação é um bom caminho, sim. Mas mesmo se você se formar, por exemplo, em ciência da computação, terá chances de ingressar nesta área. Saiba mais sobre estes cursos no texto Ciência da Computação, Engenharia da Computação ou Sistemas de Informação?.