MySpace é vendido pela bagatela de 35 milhões de dólares

MySpacePor um período de tempo, o MySpace pareceu ser tão promissor quanto o Facebook e o Twitter são hoje. Mas, uma série de fatores, como a falta de capacidade de reter usuários, fez com que o serviço entrasse em crise. Em junho de 2009, por exemplo, a empresa fechou escritórios em vários países, incluindo o Brasil. Prova mais recente de que a crise continua aparece agora: o MySpace acaba de ser vendido por apenas 35 milhões de dólares.

Até então, o serviço pertencia à News Corporation, grupo comandado por Rupert Murdoch, um dos empresários de mídia mais renomados do mundo. A venda foi feita à Specific Media, companhia especializada em publicidade on-line. A News Corporations ainda manterá uma pequena participação no MySpace, mas, de qualquer forma, o valor do negócio foi muito baixo: a companhia esperava vender a rede social por pelo menos 100 milhões de dólares.

Até mesmo este último valor é pequeno, se levarmos em conta que, em 2005, a News Corporation pagou 580 milhões de dólares pela Intermix Media, empresa que controlava o MySpace. Parecia, de fato, um bom negócio, mas o serviço não conseguiu inovar o suficiente para acompanhar o crescimento acelerado do Facebook.

A mudança de casa não acontece sem efeitos colaterais: um processo de demissão anunciado no início do ano será colocação em ação agora e resultará na eliminação de metade dos 500 postos de trabalho do MySpace. Em seu auge, o serviço chegou a contar com mais de 1.400 funcionários. Mike Jones, CEO da companhia, anunciou em um comunicado interno que também abandonará o seu cargo, o que deverá acontecer dentro de dois meses.

Referência: TechCrunch.





1 comentário:

  1. MySpace quer se focar em música para dar a volta por cima | Blog InfoWester


    […] quase como um recomeço. Em junho deste ano, a News Corporation vendeu o MySpace por apenas 35 milhões de dólares à Specific Media, um valor tão baixo que causou a impressão […]