Google fechará serviço on-line de edição de fotos Picnik

Em um passado não muito distante, o Google não pensava duas vezes antes de adquirir um serviço capaz de adicionar funcionalidades ou tecnologias às suas ferramentas. No entanto, desde que Larry Page assumiu o comando da empresa no lugar de Eric Schmidt, a ordem é priorizar o que for rentável. Por causa desta política, mais um serviço do Google será fechado: o Picnik.

Trata-se de um serviço on-line de edição de fotos que ficou conhecido graças à sua integração com o Flickr. A ferramenta foi adquirida pelo Google em março de 2010 por um valor não revelado e, posteriormente, integrada a serviços como orkut e Picasa.

A ferramenta, no entanto, não “sumirá” completamente. De acordo com o Google, suas funcionalidades mais relevantes serão implementadas em seus serviços, como o Google+ e o já mencionado Picasa, ou seja, os recursos estarão lá, apenas não mais sob o selo Picnik.

O serviço ficará no ar até o dia 19 de abril de 2012. Os usuários que utilizam a versão paga serão reembolsados pelo Google.

Menos conhecidas, também serão descontinuadas as ferramentas Google Message Continuity, Google Sky Map, Needlebase, Social Graph API e Urchin (esta última pode facilmente ser substituída pelo serviço Google Analytics).

Referência: Official Google Blog.





2 comentários:

  1. Resumo da semana (17/01/2012 a 21/01/2012) | InfoWester Notícias


    […] Picnik, serviço on-line de edição de fotos, será fechado pelo Google. […]

  2. Ana Paula Moreira Lira


    onde vou poder ter o mesmo serviço oferecido pelo picnic?