Com acusação de quebra de patentes, Kodak abre processos contra Apple e RIM

KodakA Kodak abriu recentemente processos contra a Apple e a RIM (Research in Motion) por acusá-las de quebra de patentes. Ambas as empresas teriam empregado tecnologia de visualização de imagens da Kodak nos aparelhos das linhas iPhone e BlackBerry sem o pagamento de licenças.

Com base nisso, a Kodak teria solicitado à ITC (International Trade Commission) o impedimento da importação de dispositivos que contenham a referida tecnologia. No caso da Apple, há também processos abertos pela Kodak referentes a patentes comumente aplicadas em câmeras digitais e processamento de imagens.

Laura G. Quatela, representante da Kodak, teria afirmado que a empresa esteve em contato com a Apple e com a RIM para resolver essas questões de maneira amigável, mas que nenhum acordo foi estabelecido. Por isso, a saída encontrada foi abrir processos. No entanto, embora os Estados Unidos tratem com a devida importância assuntos envolvendo patentes, essas ações podem levar anos para serem resolvidas.

A Kodak possui, atualmente, mais de mil patentes relacionadas a imagens digitais. Parte da renda da companhia é proveniente do licenciamento dessas tecnologias. LG, Motorola e Nokia são exemplos de empresas que utilizam, de maneira licenciada, recursos patenteados pela Kodak.

Até o momento, Apple e RIM não comentaram os processos.

Referência: The Washington Post.





1 comentário:

  1. Blog InfoWester » Resumo da semana: Internet Explorer, Office 2010, Youtube e mais!


    […] com duas brigas envolvendo supostas quebras de patentes: a Kodak contra a Apple e a RIM; a Apple contra a Nokia. Briga boa também do PROCON-SP, que autuou 9 empresas, como Telefônica e […]