Disponibilizando seu e-mail de forma eficiente em um site

A tag mailto utilizada de várias maneiras


Por Erika Sarti, em 14_08_2006.

Sabe-se que a interação é uma marca de qualquer mídia atualmente, mas em nenhum outro segmento ela é tão marcante quanto na Web. Tão importante quanto um conteúdo claro e atualizado em um site é manter uma forma de contato direto com os visitantes.

Embora os formulários sejam muito eficientes, principalmente porque você pode especificar exatamente quais informações quer obter de quem entra em contato com você, algumas pessoas ainda encontram no e-mail uma forma ainda mais próxima e prática de contato.

Muita gente não tira todo o proveito que a tag mailto pode oferecer em um site. O uso que todos nós aprendemos para ela é o básico:

<a href="mailto:voce@seusite.com">voce@seusite.com</a>

Se você quiser especificar um assunto para esse e-mail, pode utilizar o atributo subject, separado do endereço de e-mail pelo ponto de interrogação (?):

<a href="mailto:voce@seusite.com?subject=Assunto da Mensagem">voce@seusite.com</a>

Mas e se duas pessoas precisam receber uma cópia dos e-mails recebidos através do site? Simples, você pode separar os endereços por vírgula:

<a href="mailto:email1@seusite.com,email2@seusite.com">

Você também pode definir endereços de e-mail com cópia:

<a href="mailto:email1@seusite.com?cc=email2@seusite.com">

Ou com cópia oculta:

<a href="mailto:email1@seusite.com?bcc=email2@seusite.com">

Repare que nos dois casos utilizamos um sinal de igual (=) ao invés de dois pontos (:) antes de especificar o endereço de e-mail. Assim como o subject, os atributos cc e bcc são separados do mailto por um ponto de interrogação.

Muito bem, e para fazer tudo isso ao mesmo tempo? O primeiro atributo extra vem separado com um ponto de interrogação, e os demais com a letra e comercial (&). Assim:

<a href="mailto:email@site.com?cc=email2@site.com &bcc=cliente@mail.com&subject=Tema">

Não podemos esquecer que a tag mailto exige um cliente de e-mail configurado no computador do visitante. Como muitas pessoas não sabem nem o que isso significa, é sempre bom oferecer a opção do formulário, para não privar um usuário menos experiente de entrar em contato com você. É possível encontrar gratuitamente scripts prontos de formulários em vários sites para webmasters.


Evitando o spam

As técnicas de spam estão ficando mais sofisticadas a cada dia que passa. Publicar um endereço de e-mail no seu site é necessário, mas traz essa desagradável conseqüência.

Até algum tempo atrás, bastava utilizar um texto no link (<a href="mailto:voce@site.com"> Contato</a>) ou acrescentar espaços no meio do endereço (<a href="mailto:voce@site.com">voce @ seusite.com</a>). Caso o usuário copiasse o texto e colasse no cliente de e-mail sem perceber os espaços, seria avisado do erro.

Porém, hoje em dia os programas que vasculham a internet à procura de e-mails válidos também buscam endereços no código fonte da sua mensagem. Por enquanto, uma solução que evita que sua caixa postal receba (ainda mais) porcarias é fazer um link desta maneira:

<a href="mailto:voce *remova* @seusite.com">voce@seusite.com</a>

Isso chama a atenção do usuário imediatamente para remover o trecho entre asteriscos, mas caso ele não perceba e tente enviar o e-mail será avisado do erro por causa dos espaços.

Outra opção é substituir a arroba (@) por uma palavra, assim:

<a href="mailto:voce [arroba] seusite.com">voce [arroba] seusite.com</a>

Aqui também é importante manter o espaço no endereço, para que o usuário perceba a alteração.

Claro que essas medidas não eliminam a possibilidade de lixo na sua caixa postal, porque os spammers estão sempre um passo à frente, mas ajuda a diminuir o volume dessas mensagens desagradáveis. Mas não é por causa do spam que devemos privar nosso visitante de uma forma de contato!

Para mais dicas contra o spam, leia as orientações que já foram publicadas aqui no InfoWester.


Erika Sarti é web designer e trabalha como free-lancer desde 2000, sendo também responsável pelo layout do InfoWester. Mais informações em seu blog - www.erikasarti.com - e em seu portfólio - www.erikasarti.net -.