Dicas para usar bem o Google

Introdução

O Google é, sem a menor sombra de dúvidas, um dos serviços mais utilizados em toda a internet. Por trás da simples e simpática aparência se esconde uma poderosa ferramenta para buscas de informações de todos os tipos. O que muita gente não sabe é que, com pequenos macetes, é possível aproveitar ainda mais os recursos oferecidos pelo buscador. E é justamente para ajudá-lo a usufruir melhor do Google que o InfoWester apresenta as dicas a seguir.


1 - Use o Google como calculadora

Você sabia que é possível utilizar o Google como calculadora? É simples! No campo de busca, digite, por exemplo, 14 + 28 (adição), 6 * 7 (multiplicação), 336 / 8 (divisão) ou 89 - 47 (subtração) e veja o que acontece. O Google consegue realizar desde operações básicas até algumas mais complexas. Tudo o que é necessário fazer é informar o tipo de cálculo desejado. Eis alguns exemplos:

Digite: O Google fará:
5 ^ 3 5 elevado a 3
sin(45 degrees) o seno de 45 *
tan(45 degrees) a tangente de 45 *
cos(45 degrees) o cosseno de 45 *
sqrt (90) a raiz quadrada de 90
ln (13) o logaritmo base e de 13
log (1,000) o logaritmo base 10
50! o fatorial de 50
4a raiz de 64 o cálculo da quarta raiz de 64

* O termo degrees não é obrigatório. Digite-o somente quando desejar o valor em graus. Sem a palavra degrees, o resultado é fornecido em radianos.

Note que você não precisa realizar cada operação por vez. É possível fazer combinações. Por exemplo, digite (14+554)*ln(13)/tan(90)+ 1. O Google dará como resultado -729.197942.

Google como calculadora
Google como calculadora


2 - Use o Google para fazer conversões

Também é possível utilizar o Google para fazer conversões de medidas. Eis alguns exemplos:

Digite: O Google converterá:
30 cm em pés 30 centímetros em pés
50 km em milhas 50 quilômetros em milhas
10 quilos em libras 10 quilogramas em libras
3 reais em dólar 3 reais em dólar
2011 em romanos 2011 em números romanos

Perceba que o truque aqui é saber os nomes e os símbolos das medidas para experimentá-las no Google. E, com um pouco de imaginação, é possível "brincar" ainda mais. Por exemplo: no lugar dos valores, você pode usar equações. Para testar, digite 10/5+459 em romanos e o Google mostrará como resultado CDLXI.


3 - Aprimore suas pesquisas usando operadores (+ e -)

Não, desta vez é para fazer cálculos, não. Você pode aprimorar suas pesquisas no Google usando os símbolos + e -. Veja os seguintes exemplos para entender:

Digite no campo de busca homer +bart. O Google mostrará apenas páginas que contam com os termos homer e bart.

Agora, digite homer -bart. O Google mostrará somente páginas onde é possível encontrar a palavra homer, mas não o termo bart.

É possível também combinar as operações. Por exemplo: homer +lisa -bart.


4 - Pesquise pela frase exata

Se você digitar a frase determinação de um trem no Google, o buscador mostrará páginas que possuem as palavras determinação, de, um, trem, mesmo que não estejam nesta ordem. Mas, e se você estiver precisando de resultados que contenham a frase exata, sem qualquer tipo de alteração? É simples, basta digitá-la entre aspas: "determinação de um trem".


5 - Especifique o tipo de arquivo a ser pesquisado

Você pode instruir o Google a fazer pesquisas apenas em um determinado formato de arquivo. Para isso, digite filetype: seguido da extensão do arquivo mais o termo a ser procurado. Por exemplo, suponha que você queira buscar pela palavra infowester, mas somente em arquivos no formato PDF. No Google, digite então filetype:pdf infowester. Note que você pode fazer isso com uma infinidade de extensões, como doc (Word), XML, TXT, etc.


6 - Faça pesquisas dentro de um site em específico

Você quer saber se certo site trata de determinado assunto, mas percebe que o sistema de busca existente ali é ruim. O que fazer? Instrua o Google a executar buscas apenas naquele site. Para isso, basta digitar no Google o termo de busca mais site: seguido do endereço do site. Por exemplo, suponha que você queira saber se o InfoWester possui alguma página que fale de ODF. No Google, basta digitar:

odf site:www.infowester.com.

O resultado mostrará todas as páginas do InfoWester que contém a palavra ODF.

Note que este recurso não funciona em sites não indexados pelo Google, tampouco em páginas de acesso restrito (acessíveis somente por senha, por exemplo).


7 - Use o Google Acadêmico

Sobre o ombro de gigantes. Esta é a frase que aparece na página principal do Google Acadêmico. Como o próprio Google explica, trata-se de uma citação de Isaac Newton: "Se vi mais longe foi por estar sobre os ombros de gigantes". O Google utiliza essa frase porque sabe da importância que a pesquisa acadêmica tem, afinal, a própria empresa surgiu em uma universidade. O Google Acadêmico (em inglês, Google Scholar) serve justamente para auxiliá-lo a fazer pesquisas em materiais gerados em meios educacionais. Assim, ao precisar buscar teses, artigos, citações, resumos, etc, experimente esta opção. Se fizer bom uso, você poderá se surpreender com o resultado.


8 - Faça pesquisas em blogs

Você provavelmente sabe que muitos blogs oferecem conteúdo de grande relevância. É por essa razão que o Google criou um serviço de busca específico para esse tipo de site: o Google Pesquisa de Blogs (em inglês, Google Blog Search). A vantagem aqui é óbvia: a possibilidade de obter somente resultados de páginas de blogs.


9 - Saiba rapidamente a previsão do tempo

Vai viajar para uma cidade e não sabe se por lá está chovendo ou fazendo frio? É só usar o Google para obter a previsão do tempo. É muito fácil! Se você quiser saber, por exemplo, como está o tempo em Maringá (PR), basta digitar no Google:

tempo maringá pr

Previsão do tempo no Google
Previsão do tempo no Google


10 - Consulte o seu histórico de pesquisas

Se você fizer pesquisas "logado" em sua conta do Google, poderá consultar as buscas realizadas nos últimos meses a partir do histórico do serviço. Trata-se de uma possibilidade útil para vários fins, como relembrar um nome pesquisado anteriormente, verificar em quais dias você fez mais buscas e assim por diante.

Para acessar o seu histórico, basta efetuar logina na página www.google.com/history. O serviço também mostra dados sobre a utilização de outras ferramentas do Google.


Finalizando

Agora você já conhece algumas formas de utilizar melhor o buscador do Google. Mas, a empresa oferece vários outros serviços que podem fazer diferença para você. Para saber mais sobre eles e esclarecer eventuais dúvidas, basta visitar a seguinte página: www.google.com.br/support.

Escrito por - Publicado em 07_12_2003 - Atualizado em 14_07_2011