Wincast 8: Mulheres na informática

Wincast 8Não sei se você sabe, mas eu venho participando do podcast do WinAjuda, o Wincast, desde a edição número 4. Ontem, foi ao ar o Wincast número 8, cujo tema central é um assunto cada vez mais evidente: mulheres na informática.

Para tratar desse tema, é claro que contamos com presenças femininas no podcast. As convidadas especiais foram a Samantha Azevedo, que além de seu próprio blog escreve também para o Google Discovery, a Daniele Crazydani, que trabalha na IBM, e a Luana Lamas, que também trabalha na IBM e é vocalista da banda Lady Luck.

Também contamos com a participação do Gabriel Tonobohn, do blog Oito Passos para o Conhecimento, que foi o responsável por convidar a Samantha, a Crazydani e a Luana. Além desse time todo, também estiveram presentes o Rodrigo Ghedin – afinal, é ele quem faz o podcast – e o @le, que assim como eu, é comentarista do Wincast.

O bate-papo foi muito divertido, o assunto principal rendeu bastante e serviu para esclarecer muita coisa sobre a participação das mulheres no mundo da informática, um ambiente predominantemente masculino. É por isso que eu fiz questão de divulgar o Wincast 8 por aqui. Para ouvir o programa, acesse esta página. Se preferir, neste mesmo link é possível fazer download do podcast no formato MP3.

Espero que você goste! 😉





  • As mulheres são d+!! ehehehe

    Um forte abraço mano!!!

    Faz um visita… vc está nos meus favoritos para sempre te fazer uma visita básica!!!

  • Emerson!

    Deveria ter feito isso no podcast anterior… Mas é melhor tarde do que nunca…

    Meus parabéns !!!!

    Ficou muito bom, nota 10.

  • muito bom o wincast #08, curso o 5º semestre de sistemas de informação e sei como é difícil ter mulheres nessa área, na minha sala existem 3 mulheres apenas, mas esse panorama está mudando a cada dia. Parabéns pelo episódio!

    http://gasolinadigital.blogspot.com/

  • Emerson Alecrim

    Valtércio, já fiz uma visita ao seu blog 🙂

    John, na verdade, eu já havia divulgado o 1º podcast do qual participei, mas não achei que seria necessário divulgar os outros, só este último, pelo destaque do assunto. Mas fico feliz em saber que gostou 😉

    Pablo, que bom que gostou dessa edição. É assunto que eu já pensava tratar de alguma forma 🙂