Você sabe o que é iCal?

Com o surgimento do Google Calendar, o uso de calendários eletrônicos pode se popularizar. Para quem vive cheio de compromissos ou simplesmente gosta de organizar sua tarefas, pode ser uma mão na roda. A vantagem de se utilizar um calendário desse tipo é a possibilidade de compartilhar eventos ou datas marcadas. Por exemplo, um estudante pode organizar em um calendário suas datas de provas e entregas de trabalho e, “se for bonzinho”, pode compartilhar esses dados com colegas de sala que também usam esse recurso.

As utilidades são diversas e uma forma de padronizar a criação de calendários como o do exemplo é o formato iCalendar, mais conhecido por iCal devido a um programa da Apple de mesmo nome que foi o pioneiro no uso dessa tecnologia. A vantagem do iCal é que ele é usado em uma série de serviços de calendários, o que desobriga os usuários de utilizarem a mesma ferramenta. Softwares como Evolution, Mozilla Sunbird e Outlook são exemplos de programas compatíveis.

Então, ao ver em um site um símbolo com o termo iCal, como , você já sabe que ali tem um calendário para alguma coisa, embora seja raro encontrar um endereço que ofereça isso. Por esse motivo, sugiro a visita à lista de calendários da iCalShare, onde você encontra dezenas de categorias, como feriados, filmes, música, esportes, ciência, entre outros. Eu, por exemplo, adicionei o calendário de corridas da Fórmula 1 2006 antes de escrever esse post (webcal://ical.mac.com/gbouch/F1_2006.ics).

Vale citar que todo calendário no formato iCal possui a extensão “.ics”. Para conhecer a especificação técnica do formato iCalendar, clique aqui (em inglês).

Emerson Alecrim





Nenhum comentário

Comentários encerrados.