Via anuncia estratégia para desenvolvimento de drivers e soluções de código aberto

Via TechnologiesA maioria das distribuições GNU/Linux atuais alcançou um grau de desenvolvimento que torna agradável a experiência do usuário com o sistema operacional. Em outras palavras, usar GNU/Linux hoje já não é como encarar um monstro de 7 cabeças, como era antigamente para muitas pessoas. Mesmo assim, alguns problemas resistem à ação do tempo, como é o caso dos drivers: muita gente tem dificuldades em fazer um determinado hardware funcionar no GNU/Linux por conta da inexistência de drivers adequados. A culpa, na maior parte do tempo, é dos fabricantes que focalizam seus esforços apenas no desenvolvimento de drivers para Windows. A Via Technologies, no entanto, anunciou uma estratégia para ajudar a mudar esse cenário…

Os drivers são, grossamente falando, softwares que fazem com que determinado dispositivo funcione corretamente em um sistema operacional. No entanto, a maioria dos fabricantes desenvolve drivers apenas para o Windows ou, quando muito, para o Mac OS. A justificativa dada é, quase sempre, uma suposta inviabilidade de desenvolvimento de drivers para sistemas operacionais de código aberto devido ao número baixo de usuários. É um problema, até certo ponto, compreensível, razão pela qual muitos desenvolvedores se oferecem para ajudar no desenvolvimento de drivers – sem cobrar nada por isso. No entanto, não basta simplesmente parar na frente do computador e começar a digitar código. É necessário, ao menos, ter acesso a uma documentação que permita ao desenvolvedor entender bem as características do componente de hardware em questão. Mas até nesse ponto alguns fabricantes costumam não colaborar…

A recém-anunciada iniciativa da Via pretende trabalhar justamente com essa questão. A empresa se comprometeu a colaborar com as comunidades que tratam de software de código aberto para ajudar no desenvolvimento de drivers e outras soluções baseadas em seus produtos. Para isso, a empresa colocará no ar, em breve, o site linux.via.com.tw, onde oferecerá, inicialmente, documentação técnica, código-fonte e ferramentas relacionadas aos chipsets CN700, CX700/M, CN896 e VX800.

A Via ainda pretende oferecer fóruns oficiais, suporte a outros produtos, trabalho conjunto para melhorar a execução de conteúdo em 2D e 3D em máquinas que utilizam processadores da empresa e uma publicação trimestral sobre suas novidades, que será disponibilizada em sincronia com as mudanças anunciadas no kernel Linux e com as atualizações das principais distribuições.

Iniciativa louvável e inteligente a da Via. Se cumprir tudo o que prometeu, a empresa certamente colherá os frutos dessa decisão, uma vez que será melhor vista no mercado e aumentará as possibilidades de uso de seus produtos. Será que outros fabricantes terão o bom senso de imitar essa idéia?

Referência: Via Press Release.

Emerson Alecrim





  • Larry

    Quem devia ter essa idéia é os fabricantes de placas wileress.. É treta fazer rodar no Linux!!!