Síndrome da vibração fantasma: quando você “pensa” que o seu celular vibrou

Você está no restaurante, no Metrô ou em qualquer outro lugar quando sente o seu celular vibrar. Mas, ao pegar o aparelho, percebe que não tem ninguém te ligando ou enviando mensagem. Foi um alarme falso! Aposto que você já passou por isso. Mas não se preocupe, você não está sozinho. O fenômeno tem até nome: “síndrome da vibração fantasma”.

O assunto é estudado há anos, mas ganhou destaque recentemente, quando pesquisadores dos Estados Unidos realizaram um levantamento no país que mostrou que 68% dos entrevistados conhecem as sensações desta curiosa síndrome; destes, 13% disseram que lidam com esta situação praticamente todos os dias.

Estes números não mentem: a tal síndrome da vibração fantasma acontece com muita gente! E tem mais: em muitos casos, a pessoa sequer está com o aparelho no bolso, junto ao corpo. São todos loucos ou há alguma explicação para isso? É o que os cientistas tentam descobrir.

Síndrome da vibração fantasma

Uma das hipóteses levantadas é uma possível interferência elétrica capaz de “interagir” com nervos próximos ao aparelho, fazendo com que a pessoa tenha a sensação de que seu aparelho está vibrando. Você provavelmente já presenciou uma TV ou uma caixa de som emitindo um barulho estranho quando um telefone celular por perto tem uma chamada em andamento. Seria algo relacionado a isso.

Outra possibilidade é a ansiedade ou, mais precisamente, um comportamento de antecipação. Se uma pessoa estiver esperando um telefonema ou uma mensagem importante, pode ficar tão ansiosa por recebê-la que um simples movimento – o cruzar das pernas, por exemplo – pode causar o fenômeno, dado o nível de alerta do cérebro.

Por experiência própria, considero esta última hipótese muito mais provável. Na maioria das vezes que tive a sensação de que meu smartphone estava vibrando, eu estava mesmo aguardando um contato importante. Todavia, vez ou outra passo por isso pelo simples fato de estar usando fones de ouvido e, assim, não perceber que a vibração que eu senti, na verdade, vem do veículo em que estou – acontece muito em ônibus.

E há alguma variações engraçadas, por exemplo: quem é que já não ficou tentado a olhar o celular ao ouvir um telefone por perto chamando, mesmo quando o toque é diferente do seu? Ou então, quem é nunca teve a impressão de ouvir seu aparelho tocar enquanto toma banho ou dirige? Pois é.

Não se trata, é claro, de um problema grave, pelo menos não para a grande maioria das pessoas. Mas, se você passa por situações como estas com frequência, talvez seja o caso de buscar um meio de ficar mais relaxado. Ter em mente que as pessoas vão fazer várias tentativas de falar com você quando o assunto for importante é uma boa maneira de começar 😉

Referência: Mental Floss.

Emerson Alecrim





  • Tem outra teoria também: pode ser que em um universo paralelo próximo você realmente esteja recebendo uma ligação, que ecoa no nosso próprio universo paralelo. 😛

  • Renyer

    Não é só quando está na vibração. Quando estou ansioso por uma ligação, parece que eu estou escutando o meu toque do celular mas é mais um alarme falso.