SIMET-BOX: o roteador do NIC.br que mede a qualidade das conexões à internet

Durante a sexta edição da Campus Party, que aconteceu em São Paulo (SP) na última semana, o NIC.br (Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR) distribuiu cerca de 250 unidades do SIMET-BOX entre os participantes do evento. Este aparelho se passaria por um simples roteador Wi-Fi se não fosse por um importante detalhe: sua principal função é medir a qualidade da conexão à internet do usuário.

SIMET-BOX

SIMET-BOX

O aparelho em si é um roteador TP-Link WR740N. No entanto, o seu firmware foi modificado pelo CEPTRO.br (Centro de Estudos e Pesquisas em Tecnologia de Redes e Operações) a partir do projeto OpenWrt para incluir os recursos de medição. A interface de configuração e consulta também foi customizada para que o seu uso possa ser feito inclusive por usuários leigos.

De acordo com Fabrício Tamusiunas, Gerente de Projetos no CEPTRO.br que apresentou a iniciativa na Campus Party, o SIMET-BOX é capaz de medir não só a velocidade da conexão, mas também vários outros aspectos que determinam o seu nível de qualidade, como latência (tempo que os blocos de dados levam da origem ao destino), resposta de DNS e perda de pacotes. Nesta última característica, por exemplo, uma perda de apenas 2% é suficiente para comprometer uma conversação de voz sobre IP.

Os testes da conexão ocorrem automaticamente, mas também podem ser feitos a qualquer momento pelo usuário. Para isso, é necessário apenas visitar a página de configuração do SIMET-BOX (endereço http://meu.simet ou 192.168.129.1) e clicar em “Executar Teste Agora!”. Os resultados são exibidos ali mesmo e podem ser importados para  um arquivo PDF. Assim, se for o caso, fica mais fácil para o usuário provar à operadora que a sua conexão está com problemas.

Os resultados dos testes de cada SIMET-BOX são enviados regularmente à CEPTRO.br. Desta forma, a entidade consegue mapear a qualidade das conexões em todo o Brasil e disponibilizar as conclusões publicamente, como mostra o link simet.ceptro.br/mapas. Neste ponto, é necessário ressaltar que nenhuma informação particular do usuário é capturada. Apenas os dados referentes aos parâmetros de avaliação da sua conexão é que são obtidos e de maneira anônima.

As distribuições do SIMET-BOX continuarão a ser feitas ao longo do ano. O problema é que o número de aparelhos é limitado, portanto, muita gente não conseguirá tê-lo. Felizmente, qualquer pessoa pode avaliar sua conexão a partir do endereço simet.nic.br/teste. Também é possível fazer testes de seu acesso móvel: o CEPTRO.br disponibiliza o aplicativo SIMET Mobile para as plataformas iOS e Android, permitindo também o mapeamento da qualidade das redes 3G.

SIMET para Android

SIMET para Android

O SIMET é um projeto de grande relevância porque disponibiliza informações atualizadas sobre a qualidade do acesso à internet no Brasil para toda a sociedade. E não há “rabo preso”: o NIC.br é uma instituição independente e séria, portanto, não se dobra à vontade das operadoras, fazendo com que o consumidor tenha em mãos uma ferramenta confiável para saber se realmente está recebendo por aquilo que está pagando. Além disso, as próprias prestadoras podem utilizar as medições para se “autopoliciar”.

Para mais informações, visite o site simet.nic.br.

Emerson Alecrim





Nenhum comentário

Comentários encerrados.