Red Hat compra JBoss

Muitos desenvolvedores levaram um (pequeno) susto nesta segunda-feira: a Red Hat, empresa especializada em soluções de software livre para o mercado corporativo, anunciou a compra da JBoss, numa transação que envolveu 350 milhões de dólares e pode custar mais 70 milhões, caso a viabilidade da aquisição se mostre alta.

Divulgação

A JBoss é responsável por um servidor de aplicações em J2EE (Java 2 Enterprise Edition) – saiba mais sobre J2EE neste artigo – que leva o mesmo nome da empresa. Por trabalhar com a linguagem Java e por ser software livre, sua utilização é ampla no mercado corporativo.

Muitos desenvolvedores em Java se mostraram preocupados com a notícia,  já que, entre outras coisas, há o temor de que a Red Hat crie versões comerciais do JBoss e libere de maneira gratuita uma versão mais limitada ou trabalhada de forma paralela, como acontece com a distribuição Linux Fedora.

Mais informações sobre a compra da JBoss aqui.

Emerson Alecrim





  • Wilerson

    Por outro lado, essa notícia pode fazer com que a Apache se mexa e melhore o Geronimo. Vamos ver o que acontece.