Processador CN Isaiah: a promessa da VIA

VIAA VIA Technologies pode já não ter a mesma força que tinha no segmento de chipsets (mercado liderado, sobretudo, pela Intel e pela NVIDIA), mas isso não significa que a empresa esteja desatenta ao que acontece ao seu redor. Ciente da popularização que os dispositivos portáteis estão tendo – especialmente os UMPCs (Ultra Mobile PC) -, a VIA está desenvolvendo soluções para esse nicho. Já apresentou o processador Eden ULV (Ultra Low Voltage) e, agora, mostra ao mercado a sua mais nova promessa: o processador CN Isaiah.

Direcionado ao mercado de processadores de baixo consumo, a arquitetura Isaiah se mostra bastante promissora. Suas características incluem suporte às instruções SSE2, SSE3 e, provavelmente, SSE4, compatibilidade com x86-64 (64 bits), fabricação em 65 nm, freqüências entre 1 GHz e 2 GHz, 94 milhões de transistores, cache L1 de 64 KB, cache L2 de 1 MB, voltagem máxima de 1,15 volts e consumo estimado em 20 watts (muito baixo!).

O site HardOPC, que teve a oportunidade de visitar a fábrica da Centaur (empresa adquirida pela VIA e que foi responsável pelos processadores Cyrix – lembra deles?), pôde constatar que o CN Isaiah executou sem problemas um vídeo em Blu-ray e conseguiu rodar o pesadíssimo jogo Crysis.

Esse ótimo desempenho em um processador de baixo consumo se deve, principalmente, à forma como a arquitetura Isaiah foi desenvolvida. A VIA tratou de trabalhar no projeto “do zero”, isto é, sem se basear em arquiteturas anteriores. Se o CN Isaiah cumprir o que promete quando for lançado – o que deve acontecer em algumas semanas -, a VIA poderá se firmar no mercado de processadores de baixo consumo e, quem sabe, deixar de causar apenas cócegas na Intel e na AMD.

Referências: HardOPC, ChileHardware.

Emerson Alecrim





Nenhum comentário

Comentários encerrados.