Petrobrás implanta 140 mil certificados digitais

A Certificação Digital já é realidade na Petrobrás. A empresa está implantando 140 mil certificados para garantir que seus funcionários e fornecedores tenham mais segurança e rapidez no acesso aos dados corporativos – uma base gigantesca de 40 mil documentos digitalizados com seus arquivos autenticados em Cartório. O case da companhia será apresentado no painel “Certificação Digital e Modernização no Controle de Processos” (10/08, às 11h30) da 4ª edição do CertForum Brasília.

O executivo responsável pela área de segurança da Informação da Petrobrás, Flávio Baruzzi, detalhará os novos usos de certificação digital que a corporação está implantando e a obrigatoriedade dos fornecedores da Petrobrás de assinar documentos baseados na ICP-Brasil. O CertForum é o mais importante evento de Certificação Digital do país e é uma iniciativa do ITI – Instituto Nacional de Tecnologia da Informação, autarquia do Governo Federal e organizado pela empresa ViaForum.

A Petrobrás está sendo credenciada pela ICP – Brasil (Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileiras) para operar como uma Autoridade Certificadora responsável pela emissão de certificados para usuários finais. A companhia também integra um comitê de 19 organizações que já estão usando a certificação na emissão de Nota Fiscal eletrônica (e-NF) em projeto piloto. A intenção da empresa, no futuro, é usar a certificação digital nas transações entre seus distribuidores e fornecedores.

Baruzzi abordará também como se dará a inclusão de certificação eletrônica para acesso a qualquer documento da companhia. A Petrobrás mantém um dos maiores sistemas do mundo de Gerenciamento Eletrônico de Documentação (GED) e exigirá que seus funcionários e parceiros tenham acesso a tais documentos com a sua assinatura digital, trazendo ganhos de segurança e eficiência.

Para mais detalhes sobre o CertForum, visite o site oficial. A inscrição para o evento é gratuita. Para saber mais sobre certificação digital, clique aqui.

Divulgação: ITI – Instituto Nacional de Tecnologia da Informação.





Nenhum comentário

Comentários encerrados.