Os robôs que ajudarão a Amazon na entrega de pedidos

A Amazon, uma das maiores empresas de comércio eletrônico do mundo, iniciou a semana como uma notícia pra lá de curiosa: pagou cerca de 775 milhões de dólares para ser dona da Kiva Systems, uma empresa especializada em automação que criou um robô capaz de trabalhar com estoques. Você vai concordar comigo: lembra um pouco o ambiente futurista de Os Jetsons.

O robô da Kiva (Reprodução)

O robô da Kiva (Reprodução)

A Amazon já usa estes robôs em sites de vendas como Zappos.com e Diapers.com, adquiridos pela empresa em 2009 e 2010, respectivamente. A companhia gostou tanto deles que quer adotá-los amplamente nos armazéns de sua principal loja on-line. O motivo? Estes robôs são capazes de levar as prateleiras até os funcionários, em vez de os funcionários irem até as prateleiras. Desta forma, é possível agilizar consideravelmente a entrega dos pedidos. Observe os vídeos abaixo:

Muito interessante, não? É claro que o assunto também gera desconfianças. Para começar, o fato de Amazon ter comprado a Kiva sugere que a empresa o fez para impedir que concorrentes utilizem os robôs. Mas a empresa esclareceu que a Kiva continuará fornecendo soluções para outras empresas. A Amazon também frisou que não haverá demissões por causa dos robôs.

Referência: The Wall Street Journal.

Emerson Alecrim





Nenhum comentário

Comentários encerrados.