Nokia, Samsung e Panasonic são processadas por infração à patente do Bluetooth

A entidade The Washington Research Foundation (WRF) acaba de abrir um processo judicial contra as empresas Nokia, Samsung e Panasonic (Matsushita) sob a acusação de que tais companhias infringiram a patente do Bluetooth, tecnologia de transmissão de dados muito usada em telefones celulares.

A referida entidade afirmou que essas empresas deveriam ter adquirido a licença de uso da tecnologia antes de aplicá-la em seus produtos, assim como fez a Broadcom, firma que fornece (de maneira legal) chips com a tecnologia Bluetooth a fabricantes de dispositivos eletrônicos.

A decisão da WRF surpreendeu os membros do Bluetooth Special Interest Group, uma entidade criada para padronizar e facilitar o uso da tecnologia. Todas as empresas que fazem parte desse grupo recebem orientação sobre como evitar problemas com patentes na utilização da tecnologia Bluetooth em seus aparelhos. Isso leva a crer que o processo é uma tentativa da WRF de tirar proveito do uso em larga escala da tecnologia.

Essa é uma prática até que comum nos EUA. Um exemplo recente é o caso de um americano que abriu processo contra o Google, a Apple e o Naspter alegando ser o criador da idéia de distribuir vídeos pela internet. Não é à toa que dizem que os EUA é o país onde todo mundo processa todo mundo…

Referência: ABC News.

Emerson Alecrim





  • Osmar Leitão

    Quem deveria ser processado é a Vivo que bloqueia o Bluetooth…

  • GOB

    Concordo com o Osmar. Meu MX800 está dando um grande trabalho.