Microsoft fecha parceria com Viacom, e o Google comemora

A gigante da mídia Viacom, dona de empresas como MTV, Comedy Central e Paramount Pictures, parece mesmo determinada a provocar o Google. A mais recente prova disso é o recém-fechado acordo da empresa com a Microsoft. A parceria, que poderá envolver até 500 milhões de dólares, permitirá, entre outras coisas, que a Microsoft veicule material de entretenimento e, principalmente, campanhas publicitárias da Viacom. Até então, esta última utilizava os serviço da Doubleclick para propaganda on-line.

Como você deve saber, a DoubleClick foi comprada pelo Google, embora o processo de aquisição tenha que aguardar a aprovação de entidades reguladoras nos EUA e Europa. Assim sendo, a parceria com a empresa de Bill Gates foi vista com um soco no estômago do Google, já que a Viacom era um dos grandes clientes da DoubleClick. Mas, de acordo com uma interessante matéria publicada no CNET News.com, o Google pode estar, na verdade, comemorando!

Que empresa comemoraria a perda de um grande cliente? Nenhuma, é claro, mas há circunstâncias em que isso é favorável. Entenda: no caso do Google, há, entre outros, o temor de que a compra da DoubleClick deixe a empresa com o monopólio da publicidade on-line, uma vez que o Google é bastante atuante neste segmento graças ao serviço AdWords. É por isso que a aquisição da DoubleClick requer tanta atenção de agências reguladoras. Recentemente, os EUA, por meio da FTC (Federal Trade Commission), deu sinal verde à operação. Mas ainda é necessário que a Comissão Européia dê o seu parecer.

A parceria com a Viacom fará com que a Microsoft tenha grande reforço em sua atuação no mercado publicitário on-line. Em outras palavras, a gigante de Redmond ficará mais forte neste segmento. É justamente neste ponto que o Google abre um sorriso no rosto: se a Microsoft demonstrar potencial competitivo na publicidade on-line, fará com que as acusações de monopólio contra a parceria Google/DoubleClick se enfraqueçam. Isso porque, se uma empresa do porte da Viacom tem condições de trocar de provedor sem prejudicar a sua atuação no mercado, a prática de monopólio fica, pelo menos aparentemente, descaracterizada. Em resumo, Viacom e Microsoft acabam de ajudar o Google no seu complicado processo de aquisição da DoubleClick.

É, meu amigo. É isso que eu chamo de saber perder…

Referências: CNet News.com, The Register.

Emerson Alecrim





  • Nem tinha pensado nisso. Bastante interessante, nota que a Google pode ficar feliz da vida mesmo.

  • Emerson Alecrim

    Pois é, Tiago. A história toda acabou sendo de grande ajuda ao Google. Acho que a preocupação maior do Google agora serão as acusações de que a compra da DoubleClick pode ferir os direitos à privacidade de seus usuários.

  • Emerson,

    isso pra mim não será problema, já que mesmo sem aquisição da DoubleClick, o Google já é processado por causa da privacidade dos seus usuários. ;D

  • Paulo Elias Jr.

    Graaande Google!!

    Até perdendo, se deu bem!!!

    uahuah!!