Metallica tem medo da internet?

Faz mais de 8 anos que assistimos a uma das mais discutidas brigas na internet: Metallica versus Napster. Para quem não se lembra, o Napster foi o serviço que popularizou as redes P2P. Em seu auge, fez tanto sucesso que alcançou mais de 50 milhões de usuários em todo o mundo. Foi graças a esse programa que muita gente começou a ver a internet como um excelente meio de compartilhamento de arquivos, especialmente músicas, colocando a indústria fonográfica em estado de pânico. E o Metallica também…

Naquela época, a RIAA (Recording Industry Association of America), entidade que une grandes gravadoras, entrou com um processo contra Shaw Fanning, criador do Napster. Alguns artistas resolveram fazer o mesmo, inclusive a banda Metallica. Como a intenção principal era a de tirar o Napster do ar, uma multidão de pessoas ao redor do mundo começou a torcer o nariz para o grupo, inclusive este que vos escreve (mesmo porque eu esperava mais dos últimos álbuns da banda, mas isso não vem ao caso).

O Metallica e a RIAA acabaram vencendo a batalha contra o Napster, pois em julho de 2001 o serviço foi tirado do ar por ordens judiciais. Mas, na verdade, essas ações todas não foram capazes de impedir o compartilhamento de músicas pela internet. Assim sendo, o que o Metallica conseguiu, na verdade, foi manchar o nome da banda. E quem disse que isso deixou James Hetfield & cia preocupados?

De acordo com o site Mashable, recentemente, o Metallica convidou várias críticos para escutar uma prévia do disco que a banda está produzindo. Muitos dos convidados têm blogs e, por não terem assinado qualquer termo de confidencialidade, escreveram suas opiniões sobre o álbum em seus sites. Pouco tempo depois, representantes do Metallica entraram em contato com essas pessoas pedindo para que tais textos fossem retirados da internet. Felizmente, há quem tenha resistido

A pergunta que fica no ar é: do que realmente o Metallica tem medo? Da internet? Curiosamente, a banda lançou um site chamado “Mission: Metallica” para promover seu novo disco na grande rede. O usuário que se cadastrar no endereço terá inclusive a chance de conhecer parte do novo material antes mesmo do seu lançamento no mercado. Seria uma boa forma de fazer as pazes com a Web, mas depois do pedido de retirada dos textos nos blogs, a impressão de que o Metallica abomina a internet se mantém. Azar o deles…

Referência: Mashable, Wikipedia.





  • Alini

    Eles precisam ler “Quem mexeu no meu queijo?”

  • Realmente não tem como saber se a banda Metallica está a favor, ou contra Internet.

    Por sinal, os últimos discos da banda foram uma me.. 😀

  • Alini, acho que se eles forem menos gananciosos, já será suficiente 🙂

    Pois é, Tiago. Eles prometem mudanças no novo disco, vamos ver, né?

  • Pedro

    até o “death magnetic” não está gravado como deve de ser,
    apesar de ser musica “mais ou menos” parecida com o metallica de antigamente, vem com uma distorção estupida nas faixas… [para parecer mais pesado?] até eu faço muito melhor com um microfone de 5 euros e o Cubase aqui em casa…

    Merdallica forever… coitado do Cliff…. deve dar voltas na tumba!

    e podemos agradeçer ao Lars a publicidade do p2p! é graças a ele que toda a gente usa hoje em dia!

    Obrigado Lars!

    😀