HP promete notebook que agüenta 24 horas sem recarga. Milagre?

Notebook HP EliteBook 6930pA HP promete lançar em outubro (2008) uma versão especial do notebook EliteBook 6930p, cujo principal atrativo é a sua autonomia, que pode permitir ao portátil trabalhar por até 24 horas sem necessidade de recarga da bateria. Já pensou em poder utilizar o seu portátil o dia inteirinho sem se preocupar em estar perto de uma tomada?

Só que não é bem assim. Não estou dizendo que o EliteBook 6930p não será capaz de realizar o mencionado feito, mas sim que, para isso acontecer, será necessário combinar uma série de fatores. Para começar, o notebook terá que executar o Windows XP, já que os recursos do Windows Vista fazem com que mais energia seja consumida. Além disso, será necessário utilizar as últimas versões dos drivers (especialmente do chip gráfico) e do BIOS do equipamento.

Ainda, o EliteBook 6930p exigirá o uso de uma unidade SSD (Solid-State Drive) para armazenamento de dados (em específico, o modelo Intel X25-M), o que tornará o equipamento bem mais caro. Se um HD convencional for utilizado, o consumo de energia será maior, portanto, a duração da carga da bateria diminuirá. O portátil também exigirá uma tela LCD com retroiluminação LED (no caso, uma tela Illumi-Lite de 14,1″, da própria HP), que poderá adicionar até 4 horas de duração à bateria. Uma tela LCD convencional, aparentemente, tiraria essa vantagem.

Por fim, vem o item mais importante: a bateria. Será necessário utilizar um modelo de alta capacidade que, tenho quase certeza, não será leve, sendo um empecilho para quem precisa carregar o notebook para cima e para baixo.

Some todos esses requisitos e aí, talvez, teremos um notebook com autonomia de 24 horas. Claro que pagando um preço estratosférico, afinal, unidades SSD e baterias de alta capacidade são dispositivos caros e, imagino eu, o mesmo vale para a tal tela Illumi-Lite.

Isso não quer dizer que não valha a pena comprar esse notebook. Se você precisa mesmo de um portátil que consiga passar o máximo de tempo possível longe das tomadas (é o caso, por exemplo, de pessoas que visitam clientes com freqüência e sabem que pode ser deselegante pedir uma tomada), essa versão do EliteBook 6930p pode ser uma boa pedida. Só acho arriscado esperar que o notebook, em condições cotidianas de uso, realmente agüente 24 horas de trabalho sem recarga, como se a HP tivesse, de uma vez por todas, resolvido o nosso velho problema de baterias que duram pouco. Nesse campo, ainda estamos à espera de um milagre…

Referência: HP.

Emerson Alecrim