HP: por trás de uma grande empresa, uma pequena garagem

Começar um negócio é fácil, difícil é torná-lo grande. Mas todo negócio que alcança o sucesso gera uma história, e algumas delas são tão incríveis que ganham importância não só para a própria empresa, mas para a sociedade como um todo. Provavelmente, é isso que pensa o governo americano, que acaba de incluir a garagem que deu início à HP na lista de Patrimônios Históricos dos EUA.

Garagem da HP

200ANo ano de 1939, Bill Hewlett e Dave Packard criaram um negócio de eletrônicos na referida garagem, localizada no número 367 da Avenida Addison, em Palo Alto, Califórnia. Trata-se de um recinto pequeno, mas que serviu para Hewlett e Packard mostrarem ao mundo sua capacidade. Um dos produtos da dupla que fizeram sucesso na época foi o oscilador de áudio 200A, visto na foto ao lado.

A garagem da dupla Hewlett e Packard é tida por alguns não só como o local de início da HP, mas também como o lugar que deu origem, efetivamente, ao Vale do Silício (Sillicon Valley), nome dado à concentração de empresas de tecnologia que se instalaram ao sul de San Franciso, onde está localizada, entre outras, a cidade de Palo Alto. Entre as muitas empresas da região, tem-se: Apple, NVIDIA, Google, AMD, Intel, Yahoo! e Symantec. A região também conta com importantes universidades, entre elas, Stanford e Carnegie Mellon.

Em 2000, a HP comprou a garagem e a casa anexada a ela, por entender a importância do lugar. A empresa restaurou os recintos para deixá-los semelhantes à época de Bill Hewlett e Dave Packard. Com o reconhecimento do governo americano, a HP foi recompensada por dar valor à sua própria história.

Referências: The Register, Technology News.

Emerson Alecrim





  • João Cagnoni

    Parecem até com aquelas coisas de filmes americanos.
    Quem dera em uma garagem dessa surgir a HP…

  • pow aki em ksa tem uma garagem assim será q eu consigo fundar uma empresa estilo hp ou microsoft.?????

  • Emerson Alecrim

    João, não foi só a HP. A Apple também surgiu de uma garagem! Deve ser moda americana 😀

    Não sei, Uira. Mas se conseguir, não se esqueça da gente, hehehehe…