FreeDOS: enfim, 1.0!

Muitos projetos de software, sejam eles bons ou ruins, não passam das versões de teste ou não atingem o amadurecimento visado inicialmente. Esse parecia ser o caminho do FreeDOS e, quando menos se esperava (para falar a verdade, quando ninguém mais esperava), eis que surge a versão 1.0 do sistema operacional. Foram 12 anos de espera!

Como o nome sugere, o FreeDOS é uma alternativa ao DOS da Microsoft, com o diferencial de ser software livre, o que permite o uso gratuito e o acesso ao código-fonte do sistema. Você pode estar se perguntando qual a utilidade do DOS nos dias de hoje, e eu te digo: muitas! Para começar, não é difícil encontrar aplicações – principalmente comerciais – que rodam sob o DOS. O problema é que para usar a versão da Microsoft é necessário pagar uma licença, então o FreeDOS se encaixa perfeitamente nesses casos. Além disso, muita gente gosta de matar a saudade dos jogos para DOS. A questão é que nem sempre o emulador do DOS existente no Windows consegue executar o jogo. Mais um caso para ser resolvido com o FreeDOS.

O FreeDOS pode ser instalado no computador diretamente como sistema operacional ou em uma máquina virtual, permitindo sua execução no Windows, no Linux e no Mac. Seu desenvolvimento passou por muitos problemas, especialmente por desentendimentos entre os programadores. Foi por esse motivo que a versão 1.0 demorou tanto para sair. Como bem lembra o site The Inquirer, o FreeDOS está sob a licença GPL, o que permite o envolvimento de mais gente, acontecimento que evitaria iguais 12 anos de espera para o lançamento da versão 2.0.

Para mais informações e download do FreeDOS, clique aqui.

Referência: The Inquirer.

Emerson Alecrim





  • Guilhere

    Muito bom para as empresas não terem que usar softwares pirats

  • Must… download… Full Throttle… now.