Falece Pierre-Gilles de Gennes, criador da tecnologia LCD

Pierre-Gilles de GennesCerta vez, lembro de ter visto uma pessoa numa loja comentando com o vendedor que certos produtos são tão incríveis que parecem criação dos deuses e não dos homens. Mas, o fato é que muitas das coisas que nos rodeiam são oriundas do trabalho de verdadeiros gênios, como Pierre-Gilles de Gennes, o cientista por trás da criação do LCD, tecnologia atualmente presente em vários dispositivos, como telefones celulares, PDAs e, claro, monitores de vídeo.

Lamentavelmente, fiquei sabendo ontem que Pierre-Gilles de Gennes faleceu na última sexta-feira, aos 74 anos de idade. Nascido em Paris, estudou física na renomada universidade Ecole Normale Superieure. No ano de 1991, recebeu o reconhecimento de outros cientistas ao ganhar o prêmio Nobel de Física por suas pesquisas, principalmente sobre o cristal líquido, a base da tecnologia LCD.

É claro que os trabalhos de Pierre-Gilles de Gennes não se limitaram aos cristais líquidos. O cientista também fez pesquisas envolvendo magnetismo, hidrodinâmica, polímeros, supercondutores, entre outros. Gennes também teve envolvimento com tecnologias de adesivos e “supercolas”, por exemplo. Não é por mero acaso que alguns de seus colegas o apelidaram de “Issac Newton de nosso tempo”.

Pierre-Gilles de Gennes se foi, mas deixou como herança ao mundo todos os benefícios de suas pesquisas. Que descanse em paz.

Referência: The New York Times.

Emerson Alecrim





  • espero q a tecnologia ainda continua avançando e ñ pare po ai..

    e q descanse em paz meu caro .. q fez esse nosso desatualizado munto ta pelo menos do jeito q ta indo!!!

  • Daniel Salotto

    Eu que pensava que fosse tecnologia Japonesa me enganei heheheh…bom os Japoneses apenas aperfeiçoam as tecnologias ocidentais na verdade!…mas não sabia que tinha sido um Francês o Inventor dessa maravilha que é o LCD, e este sim é um Issac Newton! grande gênio da humanidade! que Deus permita mais desses gênios no nosso planeta. Que descanse em Paz com Deus.