Dependência tecnológica: a noite em que o BlackBerry parou

BlackberryEmbora seja pouco conhecido no Brasil, o BlackBerry já é tido como uma ferramenta de trabalho imprescindível a muita gente. Trata-se de um aparelho celular da empresa RIM que permite acesso a aplicações como e-mail, agenda, Web e edição de textos de maneira rápida e fácil. Graças ao BlackBerry, muitos profissionais conseguem, por exemplo, fechar negócios, responder e-mails importantes e marcar compromissos de onde quer que estejam, sem necessidade de ter um PC por perto.

Na noite da última terça-feira (17/04/2007) muitos usuários do BlackBerry se deram conta de que são extremamente dependentes do aparelho. Por falhas causadas na atualização de softwares do serviço, a rede do BlackBerry ficou indisponível para praticamente todos os clientes, e a situação só foi normalizada na manhã de quarta-feira. Embora pareça um curto período, para muitos usuários do BlackBerry foi uma eternidade! Alguns perderam negócios importantes porque não enviaram e-mails a tempo, outros deixaram de comparecer a reuniões porque o BlackBerry não avisou dos compromissos e outros entraram em estado de pânico (pânico mesmo, sem exageros!) simplesmente ao verem o serviço fora do ar.

Para se ter uma idéia da abrangência do BlackBerry, até o congresso americano utiliza o serviço. Na verdade, boa parte dos usuários do BlackBerry é composta por executivos, um público altamente exigente, mas fiel às tecnologias que facilitam sua vida. É por essa razão que a paralisação temporária da rede do BlackBerry foi tida por muitos como uma noite de terror e decepção. Alguns que já passaram por experiências do tipo se precaveram: ao notarem a ausência da rede do BlackBerry, utilizaram serviços alternativos. Outros aprenderam a lição só agora e tomarão medidas preventivas para o caso do serviço se tornar indisponível novamente.
 
É somente com acontecimentos assim que notamos o quão somos dependentes da tecnologia. Embora isso soe como algo ruim, acho que é absolutamente o contrário. Todavia, essa dependência precisa ser dosada. Se uma pessoa depende tanto de uma tecnologia que não consegue executar seus afazeres quando ela falha, é porque ainda não percebeu que nada, por mais moderno que seja, é totalmente confiável. É bom usuário das tecnologias aquele que entende isso e se prepara, mantendo um plano B e até um plano C em mente para quando as coisas dão errado.

Referências: BusinessWeek e El Mundo.

Emerson Alecrim





  • Ricardo Lago

    O Blackberry só não virou febre no Brasil porque é caro, eu acho. Mas quem começa a usar não quer mais largar, pois realmente é muito útil.

  • Emerson Alecrim

    Pois é, Ricardo. Conheço gente que prefere o Blackberry ao PC. Não é o meu caso, já que mal uso os recursos do meu celular, hehehe…

  • Pingback: Blog InfoWester » Blog Archive » Internet à beira de um colapso?()