Dell abre escritório em São Paulo e quer presença ainda maior no Brasil

A Dell acaba de inaugurar um escritório em São Paulo e, graças a um convite da empresa, eu estive por lá junto com representantes de outros sites para conferir as novidades. Foi interessante, pois além de conhecermos o local, tivemos a oportunidade de conversar com alguns executivos da Dell, entre eles, Raymundo Peixoto, Diretor Geral da Dell no Brasil, e Hans Erickson, Gerente Geral de Produtos para Consumidor Final da Dell na América Latina (amém).

Abrir um escritório em São Paulo pode parecer a coisa mais banal para qualquer grande empresa, mas no caso da Dell, o objetivo não é apenas acomodar funcionários. De fato, o local será ocupado por equipes de vendas, marketing e finanças, mas também receberá clientes corporativos, com direito a um showroom com cerca de 15 produtos, ao qual tivemos acesso.

Graças a isso, hoje eu pude dar uma olhada mais demorada em vários produtos da Dell disponíveis atualmente no Brasil, como o recém-chegado Mini 10, o Adamo, o Studio XPS e o todo-poderoso Alienware M17x.

O que mais consumiu minha atenção é o menor deles, o Dell Mini 10. O teclado do equipamento é bastante confortável, mesmo sendo um netbook, já que o conjunto de teclas corresponde a 92% do tamanho de um teclado “normal”. No que se refere ao desempenho, o Dell Mini 10 não faz feio: é capaz de executar tranquilamente recursos para o uso cotidiano, como vídeos, suítes de escritório, navegador de internet, entre outros. Vem até com porta HDMI! Os modelos que estavam à nossa disposição rodavam Windows XP, mas de acordo com a Dell, as versões Starter e Home do Windows 7 executarão sem problemas no portátil.

O
O “grande” destaque da Dell: o modelo Mini 10

Com a chegada do Mini 10, fiz duas perguntas aos representantes da Dell: 1) A linha Mini 9 será descontinuada? 2) A linha Mini 12 será lançada no Brasil? As respostas foram sim e não, respectivamente. O Mini 9 sairá em breve do mercado porque a versão de 10 polegadas chega com renovação de recursos e preço semelhante, portanto, é um substituto “natural”. Quanto ao Mini 12, vários noticiários informaram recentemente que a Dell desistiu desse modelo e hoje eu confirmei essa informação: pelo menos para o Brasil, o Dell Mini 12 não virá. Não é difícil entender o motivo: a versão de 12 polegadas é quase um notebook, portanto, perde parte da “essência” que um netbook deve ter, se mostrando como um produto que pode atrair menos atenção do que o esperado.

Eu também dei uma olhada no Alienware M17x. Para quem não sabe, ele é um portátil que tem como foco jogadores de PC exigentes. O equipamento chama a atenção logo de cara pelo seu tamanho: a tela tem 17 polegadas e conta inclusive com teclado numérico, item pouco comum em notebooks. Falando em teclado, as teclas do M17x possuem contornos luminosos. Através de um programa que acompanho o equipamento, é possível criar várias combinações de cores para o teclado:

O nada humilde Alienware M17x
O nada humilde Alienware M17x

Interessante, não? Só não pense que você poderá sair facilmente por aí mostrando o M17x e suas luzes. Como o equipamento é feito para jogos, conta com um hardware bastante exigente, o que o torna bastante pesado: tem peso inicial de 5,3 quilos, portanto, você não vai querer movê-lo de lugar a toda hora…

No showroom de seu escritório, a Dell mostrou tanto computadores para o segmento doméstico, como os que são citados acima, quanto para o segmento corporativo. Para este último, a Dell exibiu, por exemplo, o servidor de entrada PowerEdge T100, o tablet PC Latitude XT e até um pequeno modelo da linha de desktops OptiPlex 960, ideal para mesas com pouco espaço.

Monitor com suporte na parte traseira para desktops pequenos
Monitor com suporte na parte traseira para desktops pequenos

Em resumo, o que o pessoal da Dell mostrou hoje é que a empresa está determinada em aumentar ainda mais sua atuação no Brasil, que já não é pequena: no segmento de PCs para médias e pequenas empresas, por exemplo, a empresa fechou o primeiro trimestre do ano liderando o mercado com uma participação de 13,4%. A Dell também vê sua presença aumentar no que se refere aos computadores para usuários domésticos: também no primeiro semestre de 2009, sua participação no segmento foi de 3,9%.

Não é difícil entender o porquê desses números: a Dell vê o Brasil como um mercado diferente do restante da América Latina, portanto, oferece produtos diferenciados, como a linha Dimension 1000, modelo exclusivo para o país e que serve de entrada para o segmento doméstico. Além disso, a empresa atende também o público mais exigente, através de produtos com o Dell Adamo e o Studio XPS, sem contar que está atuando fortemente com varejistas, como Carrefour, Ponto Frio, Magazine Luíza, Saraiva, entre outros. Como se não bastasse, ainda oferece serviços e soluções para empresas de todos os portes e, no geral, aposta na variedade para atender a todos esses segmentos.

Dimension 1000, modelo de entrada para o segmento doméstico
Dimension 1000, modelo de entrada para o segmento doméstico

Se quiser ver imagens dos produtos mostrados pela Dell em seu escritório, coloquei algumas fotos no Flickr. Ah, e se tudo sair conforme o planejado, logo mais aparece um review do Dell Mini 10 aqui no InfoWester 😉

Emerson Alecrim





  • Os monitores da Dell são muito bons. Muita gente lá fora compra eles no lugar dos da Apple pela razão custo-benefício. Pena que os preços no Brasil sobem vertiginosamente após 22 polegadas.

  • Camillo Manzano

    Os notebooks tb são bons, tem ótimo custo benefício. O único problema é que a Dell demora um pouco pra entregar, mas é a única que permite escolher o hardware.

  • Horacio

    Com esse escritório em sampa a Dell vai sair de vez do Rio Grande do Sul??

  • Horacio, a Dell vai continuar no Rio Grande do Sul, mesmo porque lá é a sede da empresa no Brasil.

  • Pingback: Blog InfoWester » Resumo da semana: SEO, Dell, Video Games Live, Facebook, Google Caffeine e outros()

  • Jopa Cofer

    os teclados do inspiron são padrão brasileiro, tem a cedilha?

  • Jopa, eu sei que unidades que foram produzidas no Brasil da versão de 9″ contam com cedilha, então imagino que a versão de 10″ também tenha. Mas para ter certeza, tem um chat no site da Dell de segunda à sexta em horário comercial. Lá a empresa pode te dar uma resposta segura 🙂

  • Pingback: Blog InfoWester » Dell comemora 10 anos de Brasil mostrando o que é inclusão digital de verdade()

  • Luiz Faria

    A DELL não tem uma Ouvidoria para escutar seus clientes e o SAC, ” Blinda ” as pessoas acima deles. Como podemos obter acesso a pessoas da área de Diretoria que possa escutar nossas reclamações pós venda?

    Luiz Faria

  • Pingback: InfoWester Notícias » Dell fecha 2009 com crescimento acima da média para o mercado de consumidores finais()

  • Karl Heinz Theuer

    Preciso do endereço do escritório da Dell em São Paulo / SP

  • Marcos Antonio Canalli

    O atendimento da Dell no Brasil é simplesmente PÉSSIMO. Uma empresa desse porte não ter uma ouvidoria já evidencia que não valorizam os clientes. O site não possui sequer a possibilidade de se enviar um e-mail relatando eventuais problemas e o 0800 é, como todo teleatendimento, uma barreira impenetrável entre o cliente e a empresa. Minha filha comprou um notebook Dell e eles se negaram a fornecer o endereço e telefone da Assistência Técnica em Curitiba. Por sorte descobrimos por acaso que a Tecnocoop é a assistência autorizada Dell em Curitiba e conseguimos deixar o computador para consertar CONTRA A VONTADE DA DELL. Será o nosso PRIMEIRO e ÚLTIMO DELL.

  • Cesar de Araujo

    Lamentavel o atendimento pós venda da Dell. Ela simplesmente faz os clientes de otários. |Comprei um notebook e5400, e não é qualquer porcaria, no site dizia: Vem com windows 7 com downgrade para XP. Pintei na tela tambem os dizeres: As 2 midias acompanham o produto para o cliente ter a opção de instalar um ou outro Windows. Até hoje não tenho as midias, o atendente que me vendeu e foi todo atencioso no inicio, depois que viu meu problema , nunca mais me atendeu, o telefone só dá caixa postal. Ah o Nome . Gilberto costa, ramal 5578, Novas aquisições e indicações via chat:
    0800 970 3366 + opção 1 + 5578 esse é o ramal dele. Impressionante que quando estava comprando, não teve uma vez sequer que ele não me atendeu. LAMENTAVEL DELL, LAMENTAVEL. Uma pena eu ter que entrar no PROCON para conseguir uma simples midia