“Criança de rua” no Second Life?!

Garoto de rua no Second LifeO mundo virtual do Second Life, cuja presença no Brasil se iniciará em breve, cada vez mais reflete o nosso “mundo real”. Tanto é que até o número de pessoas e empresas que fazem negócios de verdade por lá não pára de crescer.

No entanto, uma notícia publicada no jornal espanhol El Pais me deixou surpreso: o Second Life conta agora até com uma “criança de rua”, um problema social que atinge as maiores cidades do mundo e, no Brasil, para variar, é tratado pelas autoridades competentes com grande descaso.

Essa criança, que aparece próximo a um cartaz com os dizeres “ajude uma criança a ter uma segunda oportunidade em sua primeira vida”, não é de nenhum usuário querendo ganhar dinheiro fácil com “esmolas virtuais”. Trata-se de uma iniciativa da ONG Mensajeros de la Paz, que explica:

“Esta é uma ação cujo objetivo é estimular os mais jovens a colaborarem com projetos de ajuda a crianças pobres de países na África e na América do Sul”.

Como ninguém espera encontrar um garoto de rua no Second Life, a iniciativa provavelmente chamará a atenção de muitos participantes pelo fator surpresa. Se isso acontecer, tenho a ligeira impressão de que a tal criança vai ter que dividir sua calçada muito em breve…

Referência: El Pais.

Emerson Alecrim