Confirmado: Microsoft aposentará o Messenger e promoverá o Skype

A Microsoft confirmou nesta terça-feira (06/11/2012) o rumor que surgiu nos últimos dias: o Windows Live Messenger, até hoje conhecido no Brasil pelo seu antigo nome, MSN Messenger, deixará mesmo de existir. Em seu lugar entrará o Skype, que continuará funcionando com um serviço de comunicação por voz e vídeo, mas integrará a lista de usuários do futuro finado serviço.

A notícia não é necessariamente surpresa. À medida que o chat do Facebook começou a se popularizar, o “reino” do Windows Live Messenger passou a se esvaziar. E não é necessário ser especialista em comportamento humano para entender o motivo: com quase todo mundo mantendo uma conta no Facebook, tornou-se muito mais prático se comunicar a partir desta rede, mesmo porque o chat do serviço não exige a instalação de programa algum.

Integrando o Skype com o Messenger – Imagem por Skype

Integrando o Skype com o Messenger – Imagem por Skype

Para a Microsoft, esta mudança não chega a ser ruim. Os usuários do Messenger podem ter migrado para o chat do Facebook, mas o Skype continua tendo uma base expressiva de usuários por conta de suas principais características: é a mais popular ferramenta de comunicação de voz sobre IP do mundo e está disponível para as plataformas mais importantes do mercado, inclusive as móveis. Logo, nada melhor do que se focar no que é forte.

O processo de migração, na verdade, já começou. Se o usuário instalar a última versão do Skype (6.0) para Windows ou OS X e, em seguida, se logar com a sua conta Microsoft Account (antiga Live ID, a mesma usada no comunicador instantâneo), verá seus contatos do Messenger aparecerem ali automaticamente. Os contatos que até então só existiam no Skype continuarão listados, é bom frisar.

Contatos do Messenger, Skype e Facebook integrados – Imagem original por Skype

Contatos do Messenger, Skype e Facebook integrados – Imagem original por Skype

Apesar da aparente simplicidade, o processo de migração como um todo poderá não ser indolor. A integração pode ser tranquila para quem já é usuário do Skype, mas a Microsoft provavelmente terá trabalho  para convencer a não tão grande, mas expressiva legião de usuários que ainda continuam com o Messenger. Talvez seja por isso que a companhia decidiu aposentar o serviço, menos no quase sempre inusitado mercado chinês.

A empresa não deixou claro quando o Skype ocupará de vez o lugar do Windows Live Messenger, apenas afirmou que este processo acontecerá no primeiro trimestre de 2013, dando um tempo considerável para os mais nostálgicos se “despedirem”.

Referência: Skype Brasil Blog.

Emerson Alecrim





  • Anderson

    Realmente foi-se a época do MSN. Depois da criação das redes sociais, tudo mudou. Já o Skype é bem mais profissional que o Windows Live Messenger.