Avape, Microsoft e o projeto POETA: oportunidades para pessoas com deficiência

Num momento em que nos deparamos com um cenário político repleto de candidaturas bizarras e promessas batidas, fica difícil acreditar que alguém está disposto a se envolver em trabalhos sociais sem intenção de alavancar interesses próprios. Mas essas pessoas existem. Tem muita gente trabalhando duro neste exato momento porque, apesar de tudo, acredita que o Brasil tem jeito, que o mundo tem jeito. Na última quarta-feira, a convite da Microsoft, estive na filial da Avape, em São Paulo, para acompanhar a inauguração da 100ª unidade do POETA (Parcerias para Oportunidades de Emprego através da Tecnologia nas Américas), iniciativa que tem o objetivo de promover capacitação tecnológica para portadores de deficiência. Fiquei bastante empolgado com o que vi.

A Avape (Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência), por si só, já é encantadora. Trata-se de uma organização séria, bastante atuante em todo o Brasil, que há 28 anos trabalha no atendimento de pessoas com os mais variados tipos de deficiência, fornecendo também apoio a indivíduos que estejam em situação de risco social. Eu tive o prazer de entrevistar rapidamente Marcos Gonçalves, fundador da Avape e atual presidente da Fenavape (Federação Nacional das Avapes), e descobri coisas muito interessantes a partir daí.

Marcos Gonçalves me disse que a Avape oferece mais de 70 cursos de capacitação em todo o Brasil, contemplando deficientes físicos, mentais, visuais, auditivos e assim por diante. O interessante é que esse trabalho não se limita a treinamentos: envolve também inserção no mercado de trabalho. Como se não bastasse, essas pessoas podem ainda receber tratamento médico, atendimento psicológico, assistência fisioterápica, entre outros, conforme a necessidade.

Mais do que atender portadores de deficiência, o trabalho de Marcos Gonçalves e de todos que atuam na Avape é o de mostrar ao mundo que essas pessoas têm plena condição de exercer um papel ativo na sociedade. Gonçalves chegou a comentar que, nos corredores da Avape ou mesmo em ambientes de trabalho, muitas vezes se esquece das deficiências em si, mostrando que o convívio e a integração dessas pessoas tende a ser o mais natural possível.

Não é por menos que Avape está recebendo a primeira unidade do Centro de Oportunidades Digitais do projeto POETA no Brasil. Apoiado pela Trust for the Americas, entidade ligada à Organização dos Estados Americanos (para você ver a seriedade da coisa), essa iniciativa equipa salas com computadores, acesso à internet e outros recursos para promover o desenvolvimento tecnológico em comunidades ou grupos em situação desfavorecida.

Aliás, é neste ponto que a Microsoft entra. A empresa está fornecendo software e outros recursos necessários para essas salas. Graças a isso, as pessoas atendidas pela parceria Avape – POETA podem ter acesso a cursos de computação dos mais variados níveis. Só para você ter ideia da importância dessas parcerias, a foto abaixo mostra um grupo de pessoas que passou a ter algum tipo de deficiência depois de sofrer acidente de trabalho. Elas estão sendo preparadas para retornar ao mercado, e um dos passos para isso é o curso de informática básica que estão fazendo.

AVAPE

Cada pessoa é assistida conforme suas expectativas e necessidades. Aqueles que possuem algum tipo de limitação visual podem utilizar as configurações de alto contraste do sistema operacional ou outros recursos que lhe ajudam a utilizar o computador, como sinais sonoros. É como Marcos Gonçalves me disse, para exemplificar: “às vezes ligamos para uma empresa e somos atendidos por uma pessoa com algum tipo de limitação e nem percebemos”. Não raramente, essas pessoas estão fazendo seu trabalho diante de um PC. Supondo que uma delas seja cega, por exemplo, você conhece alguma escola de informática preparada para ensiná-la? É bastante provável que você diga não…

Daí é possível perceber a importância de projetos como a parceria Avape – POETA. Eu fiquei muito contente de estar lá e ver, de perto, esse trabalho acontecer. E fico mais contente ainda de saber que isso é só o começo 🙂

AVAPE + POETA

Momento de descerramento da placa da parceria. Destaques para Michel Levy, presidente da Microsoft Brasil (canto esquerdo) e Marcos Gonçalves (no centro, de gravata vermelha)

Para quem tiver interesse, é possível conhecer mais detalhes da Avape em www.avape.org.br. No site, há inclusive orientações para quem quiser contribuir com a entidade de alguma forma. Para saber mais sobre o projeto POETA, o link é www.trustfortheamericas.org/poeta.html (em inglês).

Para ver as demais fotos que fiz do evento, o endereço é este.

Emerson Alecrim





  • Luciana Marcondes

    Não conhecia essa Avape, me pareceu ser uma ong muito séria, parabéns por ter divulgado aqui!

  • Gabriel

    Caraca! O presidente da MS parece o Geraldo Alckmin =p

    Muito massa esse projeto espero que ajude muita gente!!!