Aniversário do Twitter: 5 anos de números incríveis

No início, a ideia era simplesmente dizer o que você está fazendo agora, tanto que demorei bastante para aderir à nova “moda da internet”, mas quando finalmente me dei por vencido, vi que era muito mais do que isso: estava diante de uma promissora ferramenta de comunicação e informação. É claro que estou falando do Twitter, que está completando 5 anos de existência (como o tempo passa rápido, não?).

Para comemorar, o blog do Twitter publicou alguns números impressionantes do serviço:

  • Do primeiro até o tweet de número 1 bilhão, foram necessários 3 anos, 2 meses e 1 dia;
  • Atualmente, é necessário apenas uma semana para que 1 bilhão de novos tweets sejam gerados;
  • Um ano atrás, a média de tweets publicados por dia era de 50 milhões;
  • Em fevereiro de 2011, essa média passou para 140 milhões;
  • No dia 11 de março de 2011, o número de tweets alcançou a marca de 177 milhões de mensagens;
  • No dia 25 de junho de 2009, data em que Michael Jackson morreu, a média foi de 456 tweets por segundo;
  • A média atual é de 6.939 tweets por segundo;
  • Em média, 460 mil contas foram criadas por dia em fevereiro de 2011;
  • No último dia 12, esse número chegou a 572 mil;
  • Em 2010, o número de usuários que acessam o Twitter por celular aumentou 182%;
  • No início, eram 8 funcionários. Hoje, o Twitter conta com 400 empregados.

O blog do Twitter também informa que a seguinte mensagem foi o primeiro tweet oficial, publicado em 21 de março de 2006 por Jack Dorson, um dos fundadores do serviço:

Primeiro tweet

No entanto, Dorson publicou um tweet antes deste:

Primeiro tweet não oficial?

Não estranhe a palavra “twttr” que aparece na mensagem de Dorson. Trata-se, na verdade, do nome original do serviço, aparentemente inspirado no Flickr.

O Twitter surgiu da ideia de se criar um serviço de comunicação simples e de fácil utilização, onde o usuário simplesmente cria sua mensagem e a envia logo em seguida, de maneira semelhante aos recados em SMS. O limite de 140 caracteres para cada mensagem não existia e só foi implementado em 2007. Esse número foi adotado com base na quantidade máxima de 160 caracteres dos serviços de SMS dos Estados Unidos, com o diferencial de que no Twitter vinte caracteres ficam reservados ao nome do usuário. Interessante, não?

Eu já perdi a conta das coisas que já fiz por intermédio do serviço, entre elas: marcar bar com amigos, combinar viagens, pedir opinião sobre produtos, participar de discussões políticas, recomendar músicas, entre outros, sem contar o fato de poder me informar sobre acontecimentos em tempo real. É uma ferramenta tão bacana que eu não poderia desejar outra coisa: parabéns e que venham os próximos 5 anos 😉

Emerson Alecrim





Nenhum comentário

Comentários encerrados.