Android 4.1, tablet Nexus 7 e outras novidades do Google I/O 2012

Hoje (27/06/2012) é o primeiro dia da edição 2012 do Google I/O, que acontece em San Francisco, Estados Unidos. Apesar de ser voltado para desenvolvedores, várias novidades para o público em geral costumam ser apresentadas no evento e desta vez não foi diferente: os destaques ficaram por conta da confirmação do Android 4.1, do anúncio do tablet Nexus 7 e do equipamento para streaming Nexus Q, além da apresentação do Project Glass (óculos de realidade aumentada) por Sergey Brin.

Android 4.1 (Jelly Bean)

Muita gente sequer teve seu smartphone atualizado para a versão Ice Cream Sandwich (é o caso deste que vos escreve), mas o Google já está trabalhando no Android 4.1, de codinome Jelly Bean. Esta versão, na verdade, foi descoberta dias atrás, quando o Google revelou a existência do sistema no Google Play de maneira supostamente acidental.

Entre os recursos do Android 4.1 está o Project Butter, que modifica várias características da interface para deixá-la mais rápida e intuitiva. Outro destaque é o recurso de notificações: estas agora aparecem de maneira mais organizada e, dependendo do caso, permitem que o usuário interaja mais rapidamente, respondendo ali mesmo a uma mensagem de SMS, por exemplo.

O novo sistema de notificações do Android 4.1 – Imagem por Google

O novo sistema de notificações do Android 4.1 – Imagem por Google

O Android 4.1 também conta com uma nova ferramenta para digitação na tela, maior facilidade de compartilhamento de fotos e um assistente de voz mais eficiente e que lembra o Siri, da Apple. Mas o que chama a atenção mesmo é uma ferramenta de nome Google Now, que tem a proposta de disponibilizar uma série de informações possivelmente úteis ao usuário de maneira automática, isto é, sem que este solicite, como situação do trânsito, condições climáticas, entre outros. O vídeo a seguir mostra o Google Now em ação:

Nexus 7

Se o Google já havia lançado smartphones Android, por que não um tablet? Finalmente algo do tipo apareceu e atende pelo nome de Nexus 7. Mas, não se trata necessariamente de mais um rival para a linha iPad, da Apple: por ser mais econômico, tanto em preço quanto em recursos, o dispositivo está mais para um competidor direto do Kindle Fire.

Tablet Nexus 7 – Imagem por Google

Tablet Nexus 7 – Imagem por Google

A ser fabricado pela Asus, o Nexus 7 conta com tela IPS de 7 polegadas e resolução de 1280 x 800 pixels, processador quad core Tegra 3 de 1,3 GHz, 1 GB de memória RAM, bateria com autonomia estimada em até 9 horas, 8 GB ou 16 GB para armazenamento interno de dados (não há suporte para cartões SD), Wi-Fi, NFC, Bluetooth e câmera frontal de 1,3 megapixel. Seu sistema operacional é o Android 4.1.

A proposta deste tablet é praticamente a mesma do Kindle Fire: ser um meio para que o usuário tenha acesso fácil a livros, vídeos, imagens, conteúdo da Web e serviços do Google. O dispositivo será lançado em julho (2012) em países como Austrália, Reino Unido e Estados Unidos, neste último com preço sugerido de 199 dólares para a versão de 8 GB e 249 dólares para o modelo de 16 GB. Será que vinga?

Nexus Q

O Nexus Q não parece ser o tipo de dispositivo que vira objeto de desejo dos geeks de plantão, mas não deixa de atrair os olhares mais curiosos: o aparelho tem a proposta de permitir que o usuário exiba em sua TV conteúdo de mídia oriundo das nuvens, mais precisamente, de serviços como Google Music e YouTube. O Nexus Q também se comunica com tablets e smartphones Android par obter conteúdo destes.

Para cumprir com as suas tarefas, o Nexus Q conta com hardware semelhante ao do tablet Nexus 7, incluindo a capacidade de armazenamento de 16 GB (o que não deve ser problema, uma vez que se trata de um aparelho voltado para streaming), além de oferecer também portas HDMI e USB. Seu preço sugerido é de 299 dólares, considerando os Estados Unidos. Não sei quanto a você, mas eu passo.

Nexus Q - Imagem por Google

Nexus Q – Imagem por Google

Project Glass

Para encerrar, você se lembra do Project Glass, aqueles óculos de realidade aumentada que o Google anunciou em abril deste ano? Pois é, ninguém menos que Sergey Brin, um dos fundadores da companhia, subiu ao palco do evento para falar um pouco mais sobre o dispositivo.

Nada de realmente novo foi mostrado na apresentação, no entanto, uma informação deixou muita gente do local ansiosa: o Project Glass já pode ser reservado por cerca de 1.500 dólares, mas apenas por quem é participante do Google I/O, já que se trata de um “lançamento de testes”. Os óculos, no entanto, só serão entregues em 2013. A empresa não informou nenhuma previsão de lançamento para o restante dos mortais.

Abaixo, um vídeo do Project Glass exibido no evento:

* * *

O Google I/O acontece até o próximo dia 29, com as principais apresentações sendo transmitidas ao vivo pela internet. Você pode conferir mais detalhes em developers.google.com/events/io.

Emerson Alecrim