Agora é a vez da Turquia bloquear o YouTube

Se você achou um absurdo o YouTube ter sido bloqueado no Brasil por causa de uma certa modelo e seu namorado cheio da grana, talvez concorde em enviar pensamentos positivos aos internautas turcos que estão passando pelo mesmo problema atualmente.

Não, desta vez, nenhuma personalidade famosa fez “aquilo” numa praia. O motivo do bloqueio na Turquia envolve valores políticos e culturais: um vídeo exibido no YouTube afirma que Mustafá Kemal Atatürk – fundador da República da Turquia – e mais algumas pessoas próximas a ele eram homossexuais. O vídeo foi considerado um insulto, não só pelos governantes turcos, mas por parte de sua própria população.

Por causa desse vídeo, um tribunal do país ordenou o bloqueio do YouTube na Turquia, decisão que foi colocada em prática imediatamente pela companhia de telecomunicações local. O site de vídeos só voltará a ser acessível na Turquia se a ordem judicial for derrubada.

Access to www.youtube.com site has been suspended in accordance with decision no: 2007/384 dated 06.03.2007 of Istanbul First Criminal Peace Court.

A mensagem acima é a que aparece (em inglês e em turco) quando um internauta turco tenta acessar o YouTube. Bom, pelo menos neste caso, a decisão teve a ver com os interesses do país, o que não quer dizer que eu concorde, mas é “menos pior” do que ver o YouTube bloqueado por certas pessoas que fizeram minha avó dizer “que pouca vergonha”…

Referência: ITWire.

Update: o problema foi resolvido hoje (09/03/2007) e o YouTube já está liberado na Turquia.
Emerson Alecrim





Nenhum comentário

Comentários encerrados.